Postado em 14 de janeiro de 2015 por Lu Bento

Esse semana fui comprar uma mochila nova pra Isha Bentia. Ela agora estuda na escola-da-menina-grande e precisa carregar mais coisas do que cabe na sua pequena mochilinha da Galinha Pintadinha. O processo não foi tão simples quanto parece.

Na antiga creche, assim que ela saiu do berçário eu comprei uma mochila de rodinhas pra ela, como todos os coleguinhas tinham. As crianças adoravam puxar suas mochilas com rodinhas, e Isha Bentia estava bem fã da tal galinha, então achei que essa era a coisa certa a se fazer. mochila popo

Quando foi comprar a tal mochila, me deparei com preços absurdos. Os modelos de mochila variavam entre R$120,00 a R$250,00. Caí pra trás né! Dar tudo isso numa mochilinha que a menina mal ia ver ao longo do dia? Sem condições.

Mas mesmo assim não consegui me desapegar da ideia de dar uma mochila com o tema que ela escolheu. Então fui ao Brás, caminhei um pouco e encontrei uma mochila pequena por cerca de 75 reais que não tava tão cara quanto as outras e atendia bem a nossa necessidade do momento.

Eis que agora, um pouco mais de 1 ano depois, a tal da mochila já não serve mais. A menina precisa levar muita coisa pra escola e precisamos de uma mochila maior pra acomodar tudo. E lá fui eu pro Brás atrás de outra mochila.

Já estou meio bolada com esses produtos com personagens. Isha Bentia passou por uma fase apaixonada pela Peppa Pig e cada coisa da tal da porca custa o dobro, o triplo do valor de um produto similar sem o desenho da porca. Não dá né!

Já estamos diminuindo a frequência com que as meninas assistem esses canais de desenhos tipo Nick Jr. e Discovery Kids. A cada desenho metade do tempo é só de comercial de brinquedo, e Isha Bentia já aprendeu a recitar o mantra “eu quero isso, eu quero isso!” mesmo sem saber direito que brinquedo é aquele que eles estão anunciando. Não tem porque expor minhas filhas a uma lavagem cerebral dessas. As meninas precisam se divertir, brincar, aprender coisas novas. E não ficar desejando ter cada vez mais brinquedos.

Encontrando uma mochila nova

Voltando ao assunto da mochila, apesar de não querer colaborar com essa iniciação ao consumismo fui pra rua com o desejo de comprar uma mochila que fosse de algum personagem conhecido pois achava que assim ela teria mais interesse pela mochila. Chegando lá, vi aquele festival de mochilas da Barbie e das princesas pra meninas e de heróis e carros pra meninos. Já começou mal a coisa com essa divisão de gênero dos temas das mochilas.   Precisava comprar uma mochila grande e uma lancheira, porque agora Isha Bentia é menina grande e leva lanchinho de casa todos os dias.

Claro que os preços estavam ainda piores. O vendedor, no afã de me empurrar uma dessas mochilas, não parava de dizer que a despesa poderia ser parcelada em 6x. Gente, dar 250 reais (no mínimo) numa mochila e 150 reais em uma lancheira? Claro que não né!

Por sorte, acabei encontrado uma alternativa, que no final acho que foi a melhor coisa que eu fiz. Desisti da tal rodinha, já que a menina mal arrasta a mochila, sempre e a gente que carrega e a tal rodinha só faz peso e dificulta o processo. Depois, desisti da mochila com personagens famosos (até porque eu queria comprar a mochila da Dra. Brinquedo e a menina não curte muito esse desenho).  Acabei encontrando uma preciosidade que eu divido com vocês.

A mochila escolhida

Compremochilas Qui qui Biscuiti uma mochila, uma lancheira e um estojo por menos de 100 reais, com  um tema que me encantou assim que bati os olhos. É um tal de Qui Qui Biscuit. Quando eu vi aquela bonequinha pretinha na mochila, tive certeza que era essa a mochila ideal para a minha filha. Não conhecia nada sobre a marca, nunca tinha visto na vida, mas resolvi levar mesmo assim de tão fofa que ela era!

Chegando em casa, Isha Bentia não pareceu muito empolgada com a mochila. Fiquei um pouco decepcionada em um primeiro momento, pensando “porque eu deixo ela ficar tanto tempo vendo essas porcarias na tv? Daqui a pouco ela não vai mais querer nada que seja diferente!”. Fui procurar sobre a marca na internet e descobri que é uma marca nacional, e que tem um desenho bem fofo que vocês podem ver aqui. Fiquei mais apaixonada ainda.

No fim das contas, Isha Bentia adorou o desenho, se apaixonou pela bonequinha e pela mochila nova e eu consegui comprar algo que foge do domínio da Disney.

Comentários no Facebook

Veja mais em Maternância

4 de agosto de 2017 Esse ano finalmente fomos pra Flip, a Festa Literária Internacional de Paraty.  Eu sempre paquerei o evento, mas nunca...
19 de outubro de 2016 Depois de uma eternidade, finalmente consegui retomar a regularidade (que nunca existiu) de postagem aqui no blog e retomo...