Postado em 10 de agosto de 2017 por Lu Bento

No último sábado estive presente no 2º encontro de mães leitoras.  Já tinha participado da primeira edição em uma casa de festas, que foi interessante em termos de diversão em com as meninas, mais foi bem fraquinho em termo de programação voltada para formação de leitores ou para famílias leitoras. Mesmo assim resolvi dar uma chance para a segunda edição do encontro.

O encontro foi… mais um encontro de mães brancas. Sim, não teve nada especial realmente voltado para a literatura e a formação de leitores, tiveram vários brindes de fraldas, cremes pra assaduras e outras coisas de bebês. E a distribuição de alguns livros em sorteios. Nada de novo com relação ao encontro anterior, mas pelo menos foi em um espaço bem mais agradável, voltado para a alimentação saudável e diversão livre de aparatos tecnológicos.

Fiquei bem feliz em conhecer o espaço Brincando no Pé. Acho que essa foi a melhor parte do encontro, pois o espaço é bem alinhado com uma perspectiva de infância mais natural e artística, com brincadeiras tradicionais, brinquedos construídos através de objetos reciclados e muito espaço para as artes em geral. Pena que fica bem longe de casa, moramos na Zona Norte e o espaço fica na Zona Sul.

As falas foram bem “mais do mesmo”, sem uma real preocupação com  formação de leitores e sequer tinham livros infantis disponibilizados para a criançada. Uma decepção, no final das contas.

Eu confesso que desisti. Não tinha ficado satisfeita com o primeiro encontro, fiquei menos ainda com o segundo. Não é o meu perfil. As frequentadoras não fazem parte do meu círculo de relacionamento, não temos interesses em comum apesar de todas nós falarmos sobre maternidade.  A maternidade, no final das contas, não aproxima tanto as pessoas assim, principalmente quando temos perspectivas de vida tão divergentes.

 

Percebi que esses encontros são só uma forma de aproximar as blogueiras maternas que falam das mesmas coisas, sem uma real preocupação coma  qualidade de leitura e da literatura infantil apresentada às crianças. Uma perda de tempo ( e dinheiro) pra  participar de um evento em que as pessoas mal estão dispostas em interagir e conhecer umas às outras.

Me despertou a ideia, e a necessidade de fazermos nossos próprios encontros de mães – famílias, porque não? -leitoras. Quem sabe no ano que vem…

Comentários no Facebook

Veja mais em Maternância

9 de julho de 2018 Uma das coisas mais legais de ser blogueira é a oportunidade de conhecer e compartilhar coisas interessantes com vocês....
20 de maio de 2018 Dia das mães passou, todos lembramos de nossas mães e de como a maternidade é linda e um grande...
1 de outubro de 2017 Estou prestes a realizar a minha primeira viagem longa sem as meninas. Pra quem viaja sempre, pode não ser...