Postado em 22 de março de 2018 por Lu Bento

No domingo passado realizamos mais uma atividade presencial, a oficina Família Leitora – mediação de leitura afetiva. Foi uma oportunidade incrível de compartilharmos com outras famílias nosso interesse por leitura e algumas ideias que colocamos em prática para  fomentar o prazer o o hábito de ler em nossa família.

Família Leitora - banner

Poder compartilhar nossas pesquisas e práticas sobre o assunto é sempre um momento de extrema alegria e realização. Eu e o Leo acreditamos na leitura como ferramenta de empoderamento das crianças, principalmente das crianças negras, e  uma oportunidade incrível de estreitamento de vínculos afetivos. Por isso, sempre que temos a oportunidade de dividirmos nossa experiência com  outras famílias fazemos isso com muita satisfação.

A oficina deste final de semana foi parte das atividades do evento Mostra de Literatura Negra Ciclo Contínuo, na qual também  participamos na produção e mediação de algumas mesas. De um modo geral, foi um evento com programação variada, que atraiu diferentes públicos e promoveu a literatura com protagonismo negro. Foi muito gratificante participar de uma iniciativa como esta e contribuir de alguma forma para a divulgação da literatura negra.

 

A oficina Família Leitora

Família Leitora - oficina

A oficina foi uma realização para nós. Sempre pensamos formas de compartilhar com outras famílias as coisas que temos aprendido na convivência e educação das meninas. O nosso trabalho com literatura nos levou a valorizar muito a leitura como ferramenta de construção de vínculos afetivos. Por isso, realizar uma oficina de mediação de leitura para famílias se tornou um grande projeto da nossa família.  Fazemos isso em conjunto, compartilhando os conhecimentos que adquirimos na prática cotidiana e com todos os estudos que fazemos nessas áreas.

 

Já trabalhamos com oficinas para educadores apresentando literatura com protagonismo negro e como esses livros podem ser utilizados na prática escolar. Mas é muito diferente quando a gente decide compartilhar com outras famílias as ideias e práticas que funcionam aqui em casa e que nos ajudam a fomentar o hábito de leitura. As meninas ainda não são alfabetizadas, mas posso afirmar com muita tranquilidade que elas já são grandes leitoras.

Nosso objetivo é levar a oficina Família Leitora para mais espaços e compartilhar com mais famílias a importância e a diversão do  hábito de leitura.  Que essa jornada seja longa e próspera!

 

Comentários no Facebook

Veja mais em Educação

8 de julho de 2018 Cuidar do próprio corpo é um aprendizado básico de qualquer ser humano. Às vezes é bem complicado saber quando...
5 de outubro de 2017         “Mamãe, o menino falou que não ia brincar comigo porque os amigos dele são brancos...